Subscribe Twitter

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Como montar foto e moldura com o Paint.net

Neste tutorial, procuro mostrar como fazer uma montagem unindo fotos e moldura já pronta com o programa Paint.net.
O programa Paint.net é gratuito e edita diferentes formatos de arquivos de imagem, inclusive o formto PSD do Photoshop.

Abaixo o vídeo no Youtube editado por mim e logo abaixo dele o texto com os procedimentos. Se quiser baixar o vídeo na resolução original para o computador, clique neste link:
http://hotfile.com/dl/106697221/d8dad29/tutorial_foto_e_moldura_PAINT.NET.mp4.html




  • Abra a imagem desejada como camada. Então ela é aberta no mesmo arquivo da moldura. Para isto, vá no menu Camada - Importar de arquivo.
  • Quando a foto é aberta fica em cima da moldura, então vá no menu de camadas (abaixo à direita) e procure uma seta azul apontando para baixo. Esta seta posiciona a camada para baixo. A seta que aponta para cima move a camada para cima da outra.
  • Para redimensionar a fotografia (crescer/diminuir) de modo proporcional, pressione a tecla shift e com a tecla de movimento (setinha, atalho M) puxe a extremidade para baixo (diminuir) ou para cima (aumentar). Posicione, então, de modo que fique bem localizada no espaço transparente da moldura.
  • Faça o mesmo procedimento com as outras fotos.Com a tecla de movimento (setinha, menu esquerdo) vá sempre posicionando a parte da foto desejada no espaço transparente.
  • Nesta parte apenas procurei a pasta onde salvar a montagem. No caso, vou escolher o formato jpeg. Se é para impressão e para compartilhar na internet, escolho esse formato.
  • O formato jpeg possui diferentes tipos de compactação. Quanto mais compactado haverá maior perda na qualidade da imagem. Então para impressão deixo 100%. Se for para internet, dependendo da finalidade, deixo em 60%.
  • terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

    Uso de pincéis (brushes) do tipo linhas para Photoshop

    Um excelente recurso para montagens de molduras, arquivos gráficos e fotomontagens é o uso de brushes (pincéis) do Photoshop. Os programas Gimp, Photofiltre, Paint.net e Artweaver também oferecem essa possibilidade. Mas quanto à disponibilidade de recursos, existem muito mais brushes para Photoshop do que para outros programas.
    Para ser bem específico, vou falar das brushes do tipo lines (linhas), que, como o nome diz, são linhas coordenadas que se distribuem geometricamente sobre a montagem.
    Por exemplo, como nas duas molduras abaixo. Obs.: não são para baixar estão em jpeg.

    Observe que em algumas partes dela há linhas coloridas coordenadas que se distribuem sobre a parte não-transparente. Esse efeito é conseguido com brushes do tipo lines.
    Vou indicar alguns sites com arquivos de brushes do tipo lines gratuitos; especificamente gosto muito as do tipo spiro lines, que dão rodopios de linhas na montagem.
    Para instalar essas brushes, primeiro copie as brushes (Ctrl + C), depois acesse a pasta Brushes do Photoshop, deve ser mais ou menos este caminho:
    C:\Arquivos de programas\Adobe\Adobe Photoshop (CS5 - versão do Photoshop)\Presets\Brushes.
    Feito isto cole as brushes nessa pasta. Digo copiar e colar, porque no caso de uma desinstalação, você não vai perder os arquivos que baixou.
    Se o Photoshop for portátil (portable), entre na pasta do programa e procure pela pasta presets e pela subpasta brushes, cole nesta última pasta.
    Vamos aos brushes; para baixar as brushes acesse os sites indicados.


    Este set de brushes é ótimo e garante efeitos muito bons nas fotos e montagens.



    Para usar as brushes no Photoshop depois de instaladas:
    1 - Abra o arquivo (novo ou já feito)
    2 - Abra a caixa de brushes (atalho: letra B)
    3 - Na caixa de brushes carregue a brush que você quer, no caso do tipo line.
    Pode seguir o tutorial abaixo que ensina como carregar brushes do Photoshop.


    • As brushes geralmente ficam na cor escolhida na caixa de cores. Para ficarem brancas escolha como primeira cor a cor branca.
    • Escolha utilizar as brushes em camadas separadas; não aplique diretamente sobre a camada da imagem. Crie uma nova camada e aplique as brushes nessa nova camada.
    • As brushes também podem ser modificadas com estilos, o que pode dar efeitos bem interessantes.
    • Para achar mais brushes do tipo lines (linhas) procure no Google e obterá resultados bem satisfatórios.
    PARA APLICAR AS LINES, dimensione o tamanho da line desejada. Vá brincando com tamanhas e formas das lines, assim vai se acostumando com o melhor efeito.
    Elas não devem poluir a montagem, devem ser utilizadas com moderação e com cores suaves. A cor mais usada é branca, mas depende da montagem. Os efeito de sobreposição são muito utilizados, então vá mexendo até alcançar o efeito que lhe agrada.

    sexta-feira, 13 de novembro de 2009

    Tutorial de como criar efeito stitch/costura no Photoshop parte 2 - aplicando o brush para ter o efeito stitch

    Parte 2 - aplicando o brush (pincel) para ter o efeito stitch (costura) no Photoshop

    Se chegou até esta parte, recomendo ler a parte anterior que trata de como instalar as brushes:


    O efeito de costura (stitch) é realmente fácil no Photoshop utilizando brushes (pincéis) apropriados, conforme relatado na primeira parte deste tutorial (clique no link acima).

    Se deseja realmente evitar qualquer infração de direitos de uso em relação ao uso de brushes, é possível facilmente fazer um brush para Photoshop. O ideal é que se escaneie uma imagem de costura e se isole um dos pontos da costura para seleção. A partir deste ponto se faça uma imagem transparente e se cortem os pixels inúteis da imagem (que só ocupam espaço).
    Outro modo é fazer um V invertido com algum pincel, ou um traço, algo que se pareça com pontos de costura e configurar com um tamanho razoável, com 300 DPI. Feito isto, configura-se o desenho como brush (pincel). Vá em Select (selecionar)> Load selection (carregar seleção)> New selection (nova seleção). Isso vai isolar o que é necessário para a brush (pincel). Dê um nome qualquer e clique ok.
    No momento, não vou explicar isto detalhadamente, deixo para uma próxima oportunidade, porque os brushes que destaquei na primeira parte do tutorial são bem generosos quanto ao uso. Um que recomendo, por ser simples, e com vários efeitos é de Boyingopaw (Deviantart).



    Passo a passo:

    1 - Feito isto, vamos trabalhar uma forma simples para ser aplicado o efeito de stitch. Vamos utilizar shapes (formas definidas) do Photoshop. Podem ser utilizadas seleções também, mas seria mais complexo.
    O atalho para shapes é U. Escolha a última opção; veja o ícone da imagem abaixo. As formas customizadas são representadas por uma forma parecida com uma estrela.


    Escolha, por exemplo, um coração. Olhe a imagem abaixo. Ao teclar em U e escolher formas personalizadas, aparece uma caixa no menu superior com as opções da ferramenta; encontre a forma desejada. No caso desse tutorial escolhi um coração.

    2 - Ao escolher o shape do coração, agora desenhe o coração. Esse coração funcionará como um tipo de delimitador para ações no Photoshop.
    Para desenhar o coração com a ferramenta, clique a tecla shift ao mesmo tempo, a fim de que a forma desenhada fique proporcional, do jeito que se vê na imagem prévia da ferramenta. Se não teclar shift o coração poderá adquirir uma forma diferente. isso não é negativo: pode ser útil para desenhar um coração diferente: mais puxado pro lado, pra cima, etc.
    Você vai obter algo assim:


    3 Passo -
    Carregue o set de brushes (pincéis) de stitch (costura). Se seguiu a primeira parte do tutorial (link no início do post), então carregue as brushes. Clique no ícone de brushes e vá no menu superior e procure pelo set de brushes para stitch (ver imagem ao lado de brushes aparece um triângulo pra baixo bem pequeno: clique nele e verá opções de brush). para encontrar o brush procure pelo nome do arquivo, ele vai ter stitch escrito. No caso, indico o de
    Boyingopaw (ver acima).
    4 Passo - Para que esse processo funcione é necessário que o brush esteja ativo. Ou seja, clique na ferramenta de brush e escolha o brush de stitch apropriado. Feito isto, agora, vá na ferramenta de path (caminho; delimitador), conforme imagem abaixo (menu do lado direito).
    Vai aparecer uma caixa de opções, ver segunda imagem abaixo:

    Escolha a opção stroke path with brush, em termos práticos, quer dizer : "circunde o delimitador com o brush (pincel)". Atenção: nesse passo, é preciso que o tamanho do brush esteja bem ajustado. Se escolher uma forma pequena e um brush grande não terá o efeito esperado. Assim, normalmente, antes eu testo o tamanho do brush mais ou menos em relação à forma pra ver como provavelmente ficará. Como faço isso: apenas fou um clique com o brush no espaço de desenho. Depois dou "ctrl + Z" pra retornar/desfazer o passo do histórico, até ver que o tamanho do brush está apropriado. Insisto: se tem dificuldade sobre entendimento de brush/pincel, leia a primeira parte do tutorial.
    Eu escolhi a forma de V. Abaixo uma prévia dos brushes possíveis com o brush de Boyingopaw (Deviantart). Em vermelho está a que escolhi para o tutorial.

    Isso garante um tipo de zigue zague ao redor da forma escolhida. Vejam na imagem abaixo como ficou:

    Não é necessário o uso de shapes sempre para fazer o efeito. Outra possibilidade é usar o pincel diretamente na área de desenho, na camada que está sendo trabalhada. Por exemplo, na imagem abaixo fiz as linhas costuradas de duas formas.

    a - A linha reta - escolha o pincel de stitch. Antes de usar o pincel clique pressione a tecla shift e permaneça com o dedo nessa tecla. Então, agora pode mover o pincel. Ao fazer isso, o pincel sempre irá na linha reta, sem variar. Se quiser duas linhas perpendiculares, isto é, uma na horizontal e outra na vertical, basta dar uma paradinha no movimento do pincel entre uma mudança de direção e outra.

    b - Linhas curvas, livres - se não pressionar a tecla shift o pincel acompanhará fielmente o movimento dos dedos. Foi o caso da segunda linha (curvada) da imagem acima.
    Importante: o efeito meio bidimensional das sombras, contraste e textura das costuras (stitch) é possível trabalhando os efeitos existentes para camada. Veja na imagem abaixo: foi trabalhado cores, gradientes, padrões, etc. Mexa um pouqinho nesses efeitos e vá tirando suas conclusões.


    Na próxima parete do tutorial vou tentar explicar esse efeito para com seleções e com texto. Basicamente, tudo funciona em torno do princípio do delimitador/caminho (path) e do brush (pincel).

    Autor do tutorial: Jackson Angelo