quarta-feira, 17 de junho de 2009

Como fazer silhueta a partir de fotos comuns - primeiro método (parte 1)

Vou ensinar dois métodos para se fazer silhuetas a partir de fotos comuns. Esse tutorial é para iniciantes mesmo, assim como eu. Eu não ensino, compartilho o que tenho aprendido através de outros tutoriais e mexendo sozinho no Photoshop. Sertão dois posts com dois métodos diferentes.

É bom se ter em mente que para se fazer silhuetas, existe, logicamente, uma área que você deve ter já imaginado como a silhueta desejada: um objeto, um animal, uma pessoa.
De imediato, me veio à mente a imagem de Adriana Lima, por conta da perfeição do corpo Então, pesquisando na net encontrei esse wallpaper gratuito.

O que é legal nessa foto é que o fundo é branco, o que facilita tremendamente o trabalho de eliminação do fundo. Além disso, o fundo é da mesma cor do biquíni, o que vai levar a outro nível de dificuldade: quando usar a ferramenta borracha mágica na área branca (fundo), o maiô também vai apagar um pouco, sendo necessário usar a ferramenta pincel do histórico, uma das mais usadas em montagens. Adiante, eu explico como ela funciona.
O cabelo também é uma das maiores dificuldades encontradas quando se escolhe uma imagem para se fazer silhueta a partir dela, porque os pixels dos cabelos e das áreas vizinhas acabam se confundindo. Imagine se o fundo da imagem fosse preto. Em certo momento, seria complicado distinguir o fundo da imagem e o cabelo.
No final do tutorial, sua imagem deverá estar assim:
Vou começar pelo método aparentemente mais simples.
Método 1 - Passos:

1 - Abra a imagem acima (File - open - navegue até a pasta onde salvou a imagem);
2 - Escolha a ferramenta borracha mágica (clique E - atalho pra essa ferramenta) e navegue no. Agora apenas clique com a borracha na área que deveria ser transparente (a borracha mágica é simbolizada por essa borracha com asterisco - no centro); nesse caso, escolha 32 de tolerance; marque antialias e contiguous; conforme imagem abaixo:


3 - Você notará que a parte do maiô também será apagada porque é da mesma cor do fundo. Agora entra em ação a ferramenta pincel do histórico que, basicamente, reverte a imagem para um estado anterior a alguma ação (mudança de cor, eliminação de pixels, plugin, etc.) que tenha feito no Photoshop. Nesse caso, ao se tentar eliminar essa área de fundo, o maiô também foi eliminado. Então, clique no submenu lateral do pincel do histórico (history brush), ou tecle a letra "Y", que é o atalho dessa ferramenta.

Escolha a brush com aspecto desfocado, com cuidado, navegue lá em cima do menu superior da history brush e selecione a brush com aspecto FORTE com diâmetro 18 (eu baixei pra 15). Pra ver esse menu clique no triângulo com ponta pra baixo ao lado do símbolo dessa ferramenta. Deixe em modo normal, hardness 0% mesmo. Eu fiz assim e deu certo.

Assim, passei essa ferramenta com cuidado apenas em cima do local que foi apagado o maiô. Você verá que a parte apagada do maiô será completamente recuperada.
IMPORTANTE: Mas faça com bastante cuidado e recuperando inteiramente, se deixar pixels livres, no próximo passo encontrará falhas na feitura da silhueta.

4 - Fazendo a silhueta - digite Ctrl U (tecla control - Ctrl - seguido da tecla U), vai abrir a caixa para mexer com valores de hue/saturation (matiz/saturação em português; no momento não adianta explicar o que é isso), conforme se vê na imagem abaixo.

IMPORTANTE: Essa caixa vai aparecer assim, mas mude o valor de lightness (luminosidade) para zero, se quiser uma silhueta preta; ou mude para 100% se quiser uma silhueta branca. O que é bem interessante. Veja como ficaria a silhueta branca.

Agora é só salvar a imagem em PNG, se quiser fundo transparente. Ou jpeg mesmo se quiser nesse formato. O PNG é legal no caso de querer usar como uma camada transparente em alguma montagem, ou mesmo numa moldura.
No próximo tutorial, ensino um segundo método, baseado em canais, mais precisamente, com base na escolha do canal mais escuro da imagem. Se não sabe o que é canal, vou explicar o que é, dentro de minhas limitações. No próxcimo tutorial. Obrigado.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Como apagar parte indesejável de uma imagem - 1° caso: um "nome escrito na imagem"

Constantemente, a gente se defronta com imagens que quer aproveitar por inteiro, mas tem alguma palavra escrita que atrapalha. Por exemplo, um wallpaper (papel de parede) que você baixa da internet, uma moldura que tem nomes escritos em outros idiomas , e a gente lamenta, porque ela seria perfeita pra o que desejamos fazer. Bem, não prometo milagres, mas digo que o Photoshop tem várias ferramentas e maneiras eficientes de solucionar isso: retirar uma parte indesejável da imagem e substituir por outra.
Neste primeiro caso, vou me limitar a imagens que têm nomes escritos, vamos supor, noutra língua, com fundo bem regular, isto é, com estrutura bem regular da imagem.
Tomemos como exemplo, a moldura abaixo. Ela tem dois problemas, está em jpeg e tem um nome escrito em russo. Quanto a transformá-la em camada editável, com área transparente para foto já foi explicado na postagem anterior (Ver: http://tutorialmaniacs.blogspot.com/2009/06/como-transformar-moldura-de-jpeg-em.html).

Para baixar a moldura, clique na imagem:

Passada essa etapa, vamos agora retirar a palavra escrita noutra língua; siga os seguintes passos (acho que esse, no caso, é o modo mais simples):

1 - Escolha a ferramenta clone stamp tool (ferramenta de clonagem); ela está localizada no menu esquerdo (geralmente), ou tecle a letra "S", que é o atalho do Photoshop para essa ferramenta. Esse menu esquerdo é conhecido como caixa de ferramentas ou toolbox.
Por que essa ferramenta? Porque ela simplesmente faz uma cópia de algum trecho da imagem e é adicionada como um remendo na parte da imagem que você quer/precisa eliminar. É como se você copiasse de algum trecho da imagem e adicionasse noutro trecho, entendeu? é uma das mais úteis ferramentas de montagem e se presta para diferentes finalidades: copiar grama de uma parte da imagem pra outra; copiar cabelo de uma parte da imagem pra outra parte da cabeça, por aí vai. Nesse caso, vou só explicar como remendar a partir de um fundo uniforme. Para usá-la, primeiro você tem que demarcar a área que quer copiar. É importante entender isso porque é essa parte que você vai adicionar na área a ser transformada. Para isso, escolha a ferramenta e clique em alt. No momento em que você clicar em alt, o próprio ícone da ferramenta se modifica e nesse instante clique no exato local que quer copiar e remendar noutras partes da imagem.
É importante notar que essa ferramenta possui a opção hardness (dureza), que seria uma distância entre o ponto principal em que se clicou para ser o remendo e as áreas próximas a ele. Assim, se escolher um hardness alto, a clone stamp tool vai repetir áreas de acordo com essa distância. Parece difícil, mas no momento em que estiver utilizando essa ferramenta você vai entender melhor.
Vejam onde está localizada a opção de hardness. Quando clica na ferramenta, qualquer ferramenta, aparece u menu na parte superior do Photoshop de acordo com essa ferramenta, conforme mostrado a seguir:
Fiz o vídeo abaixo (sem som, desculpem o extremo amadorismo), apenas mostrando como utilizei a ferramenta, reparem que aparece um símbolo como se fosse o sinal de "+"; esse símbolo indica a hardness. Vamos dar uma olhada:


Por fim, pode salvar a imagem como PNG. Escolha File - save as - PNG (arquivo - salvar como - PNG).
O resultado final é esse:
Espero que o tutorial tenha sido útil. Se leu até aqui, obrigado!
Tutorial totalmente escrito por Jackson Angelo do blog jacksonangelo.blogspot.com. Por favor, se compartilhar ou copiar, lembre-se, se possível, de me dar os créditos. Apesar de que eu saiba que um monte de gente explica isso melhor do que eu.

domingo, 14 de junho de 2009

Como transformar moldura de jpeg em formato png (tutorial)

Alguns designers domésticos podem se deparar, vez por outra, como eu mesmo, com situações em que baixa uma moldura e a mesma está em formatos sem área transparente. Tá lá o espaço indicando que uma foto tem que ser encaixada ali, mas na hora essa área está com pixels na cor branca ou preta.
Essa área transparente é o local onde vai ser encaixada, por baixo (quase sempre), a foto escolhida pra montar a imagem final (moldura+foto).
Como exemplo, faça o download da imagem abaixo (apenas clique na imagem):

Você vai notar que ela não possui transparência na área indicada pra foto. Assim, ao tentar encaixar uma fotografia ali no editor gráfico, ela vai se sobrepor (ficar por cima) ou se subpor (ficar por baixo).
Como sempre, insisto que uso Photoshop, mas também podem se prestar pra fazer essas composições: PhotoPaint, Corel Draw, o gratuito e excelente Gimp, Photofiltre, até Photoscape já vi gente fazendo; o próprio Office da Micrososft; entre outros.
Assim, pra tornar essa área transparente, com o Photoshop, é super simples. Ressalto que uso o CS4 em inglês, mas creio que mudou pouco em relação a versões anteriores.

1 - Primeiro, transforme a imagem em jpeg em camada editável. Vá em layer (camada) e escolha New - Layer from background. Vai aparecer um nome, deixe o nome layer mesmo. ou escolha algum nome. Você, assim, está dizendo ao Photoshop que quer editar os pixels dessa imagem e trabalhar com ela como uma camada de pixels. Veja a imagem prévia abaixo como vai ficar (clique pra visualizar melhor):


2 - Escolha a ferramenta Borracha mágica (magic eraser tool), ou clique no atalho letra "E", mas navegue no menu de borracha até encontrar magic eraser tool, como na imagem abaixo (clique pra ver melhor):
3 - Escolhida a ferramenta acima, agora apenas clique com a borracha na área que deveria ser transparente (a borracha mágica é simbolizada por essa borracha com asterisco - no centro); nesse caso, há uma configuração da borracha que ajuda muito, se refere ao nível de seleção ou tolerância; eu escolhi 64 (32 serviria também) de tolerance; marquei antialias e contiguous; conforme imagem abaixo:
4 - A área que foi tocada pela borracha mágica vai ficar transparente, como mostrado abaixo:

OBS: Se prestar atenção na imagem, verá que na parte mais inferior do lado direito da imagem, existe ainda uma área que não foi tornada transparente: ela é branca, compare com a área transparente, a que tem os pixels quadradinhos cinza e branco na imagem prévia. Nessa parte branca use a ferramenta borracha mágica também, pode baixar o nível de tolerância pra 32 pra evitar que regiões menores próximas à área também tenham os pixels apagados.

5 - Pronto! Agora, vá em arquivo e escolha salvar como PNG (sugestão). Pode ser escolhido outro formato, mas esse é o mais aceito na internet e garante uma boa qualidade. Vai aparecer a opção PNG options (opções); escolha none (nenhum).

Espero que tenha gostado do tutorial mais do que básico, feito pra usuários domésticos como eu.

Tutorial inteiramente feito por Jackson Angelo, do blog jacksonangelo.blogspot.com. Por favor, se copiar ou compartilhar, lembre-se de dar os créditos.